domingo, 23 de março de 2014

PUGILISMO COM LARS VON TRIER


Pretensioso, gênio, desviado, visionário, pervertido, poeta, polêmico, incompreendido, marginal. São muitos os adjetivos que podem definir Lars Von Trier. E eu concordo com cada um deles; podendo pensar em mais uma centena. "Ninfomaníaca 1 & 2", seu trabalho mais recente, só reforça isso.

A história narra o encontro acidental de Joe (Charlotte Gainsbourg) com Seligman (Stellan Skarsgard). Ela, uma mulher viciada em sexo, é encontrada ferida e abandonada na sarjeta pelo assexuado homem que, sem pensar duas vezes, a acolhe e a leva para sua casa. A partir daí, um diálogo demorado, regado por chá, bolo, e uma longa narrativa de aventuras sexuais que misturam sodomia, masturbação, promiscuidade, violência à matemática, à física, à filosofia, à música à arte, à religião, o satanismo e, naturalmente, à psicanálise, numa sequência de metáforas absurdamente belas.

O encontro improvável de extremos tão opostos é o tempero que marca a narrativa de 2 filmes que escancaram a humanidade na sua pior ou melhor forma: a exploração crua e real da sexualidade, das perversões, dos desejos, do perigo. Joe é um animal incansável e incrontrolável, que não vê limites para saciar à sua fome. E um elenco sem nenhum medo de entregar atuações perigosamente honestas completa esta ópera de nudez, sob todas as esferas - físicas, emocionais, espirituais. Um filme dolorido - óbvio - triste, difícil de digerir, mas que transborda poesia de uma forma difícil de perceber - num primeiro momento - mas que vai ficando cada vez mais clara na medida em que a história se desenrola. 


Será que o mundo está preparado para cenas que retratam uma menina de 12 anos descobrindo a masturbação? Ou uma mulher que golpeia a sua vagina com uma toalha molhada porque não consegue sentir mais prazer? Ou um lugar em que mulheres casadas vão escondidas para voluntariamente serem brutalmente torturadas? A resposta de Von Trier para esses questionamentos é uma só: "eu não me importo".

Ele mesmo provoca, quando coloca diálogos na boca da sua heroína que parecem antecipar a polêmica: a solução que a sociedade inventou para não lidar com seus temas dolorosos é bloquear a palavra. Proíba a palavra, tudo fica "politicamente correto" e os problemas estão resolvido. E ele segue, meditando que "emudecer uma palavra é arrancar mais um tijolo da democracia". Faz pensar, não?

Devo dizer que apreciei muito mais o volume 1 do que o 2. E acho que a maioria das pessoas terá a mesma opinião. Não que um seja melhor ou pior que o outro, ou mostre "mais" ou "menos" "disso" ou "daquilo". Não é isso. O primeiro filme tem uma cadência mais agradável, e realmente vai nos enfeitiçando com o que Joe tem a contar. "Sou um ser humano terrível", ela diz, "e as minhas histórias serão prova disso". 

"Mea vulva, mea maxima vulva", Von Trier provoca em determinado momento. Seu novo trabalho é mais uma prova de que ele não tem medo de chocar

Honestamente? Não sei dizer se "Ninfomaníaca" é um filme para todos. Definitivamente ele não é visceral e escatológico como "Anticristo" nem desesperadoramente triste como "Melancholia". Ele habita um lugar muito seu, no meio do caminho, e me proporcionou quase 6 horas (ao todo, os dois volumes) de "entretenimento" recheado por reflexões, choque e puro embasbacamento. É o típico pugilismo que travamos com ele em seus filmes; onde, mesmo após uma série de socos no estômago, continuamos a apreciar a luta. Ao final, não soube organizar os meus pensamentos, nem chegar a conclusão alguma. 

Restou-me somente silêncio.


quinta-feira, 20 de março de 2014

AMOR DIFERENTE

E ainda tem gente que não entende quem é apaixonado por gatos...

ILUSTRANDO

O traço criativo e genial de Björn Hurri. Em especial, os desenhos estilo "steampunk" de Guerra nas Estrelas.





quarta-feira, 19 de março de 2014

GIFS DA DEPRESSÃO

Chego (muito!) atrasado no trampo e/ou de ressaca e/ou após uma insônia dos infernos e espero que o(a) chefe não note...

terça-feira, 18 de março de 2014

GIFS DA DEPRESSÃO

Alguém diz tudo que uma pessoa que eu não gosto precisava ouvir...

GIFS DA DEPRESSÃO

Vou tirar foto com o celular mas a câmera está virada para frente...

GIFS DA DEPRESSÃO

Um(a) amigo(a) conta que voltou com o(a) ex porque ele(a) é uma nova pessoa...

segunda-feira, 17 de março de 2014

NUNCA MAIS EU APAGAREI A LUZ ANTES DE DORMIR...



Veja por sua própria conta. E risco.

sexta-feira, 14 de março de 2014

GIFS DA DEPRESSÃO

Vejo que estou sentado do lado daquele colega chato e puxa-saco na reunião...

GIFS DA DEPRESSÃO

Ouço alguém dizer que acorda 5 da manhã para se exercitar...


GIFS DA DEPRESSÃO

Minha vontade, todas as vezes que alguém esbarra em mim por desatenção...

GIFS DA DEPRESSÃO

Do nada, duas pessoas começam a discutir feio na minha frente...

quarta-feira, 12 de março de 2014

PRIMEIRO BEIJO

A artista Tatia Pilieva pediu que pessoas beijassem apaixonadamente um completo estranho. 20 toparam e o resultado é bonito e supreendente. Via Obvious.

Atualização: é fake, pena. Mas bonito mesmo assim.

)

terça-feira, 11 de março de 2014

"E PARA TE ENCONTRAR FOI QUE EU NASCI"


Realidade
Florbela Espanca

"Em ti o meu olhar fez-se alvorada,
E a minha voz fez-se gorjeio de ninho,
E a minha rubra boca apaixonada
Teve a frescura pálida do linho.

Embriagou-me o teu beijo como um vinho
Fulvo de Espanha, em taça cinzelada,
E a minha cabeleira desatada
Pôs a teus pés a sombra dum caminho.

Minhas pálpebras são cor de verbena,
Eu tenho os olhos garços, sou morena,
E para te encontrar foi que eu nasci...

Tens sido vida fora o meu desejo
E agora, que te falo, que te vejo,
Não sei se te encontrei, se te perdi..."

GIFS DA DEPRESSÃO

Estou num dia DAQUELES...

GIFS DA DEPRESSÃO

E chega a esperada (#sqn) hora de fazer a declaração do imposto de renda...

Fase 1: "Esse ano eu faço sozinho"

Fase 2: "A frustração" 

 Fase 3: "Encontro alguém para fazer a minha declaração" 

Fase 4: "Declaração enviada com sucesso. Até ano que vem"

segunda-feira, 10 de março de 2014

"MADDIE"



Lindo (de doer!) comercial da Chevrolet. Haja água de coco para repôr os líquidos...

EPÍLOGO


"Do que você mais vai sentir falta?", ele perguntou, enquanto fazia carinhos no cabelo espalhado preguiçosamente no seu colo.

"Sorvete, música e sexo", ela respondeu sem pensar muito. Um riso breve.

Ele sorriu, observando o horizonte que parecia um caleidoscópio de tons azulados e lilases.

"E você?"

"Humm... além das mesmas coisas que você disse, filmes, pizza, fumar".

(e de você).

"E do que você NÃO vai sentir falta?", ela perguntou erguendo-se sobre os cotovelos.

"Uau... sem sombra de dúvidas, passar 8 horas do meu dia trancado num escritório", ele respondeu sem titubear. "E você?".

Ela ficou meditativa, como se subitamente contaminada por nostalgia e melancolia. 

"A verdade é que eu vou sentir falta de tudo". Suspirou.

Então começaram os barulhos, primeiro distantes e quase inaudíveis. E de repente próximos, reverberando em cada poro da pele. A água do mar revolta, criando ondas violentas; o céu escurecido como se antecipando a pior tempestade. O chão tremendo sob os seus pés. 

Abraçaram-se. 

"Você está com medo?", ela perguntou, os olhos cheios de lágrimas.

"Não", mentiu. "Estou feliz que você está aqui".

"Tanta coisa que deixamos por fazer", ela soluçava em seus braços.

"Não pense nisso, não serve de nada", ele a consolava. 

O céu era como uma grande folha de papel. 
Branca feito a neve, sobre um infinito de silêncios repentinos.

PARA VER E OUVIR: BOY ("LITTLE NUMBERS")

sexta-feira, 7 de março de 2014

GIFS DA DEPRESSÃO

Entro na copa do trabalho e vejo que aquele(a) colega chato(a) está lanchando lá...


PARA ESQUENTAR O CORAÇÃO

"Saving Mr. Banks" (eu me RECUSO a escrever o título brasileiro) é um filme lindo, simples, destes que servem quase exclusivamente para aquecer o coração (algo feito com muito êxito e sem esforço). Trata-se da história verídica sobre os esforços do Walt Disney em comprar os direitos autorais para fazer o filme da Mary Poppins. A autora, uma "inglesa" austera e de passado difícil, defende ferrenhamente há 20 anos que seu livro não combina com os filmes da Disney, mas acaba cedendo ao charme do visionário da Disneylândia. Tom Hanks e Emma Thompson dão show, numa história contada de forma (agri)doce, e comovente, com um final majestoso e de encher o coração (e que deixou um nó do tamanho de um elefante no meio da minha garganta). Recomendo.

GIFS DA DEPRESSÃO

Estou de mau humor, mas a pessoa insiste em puxar conversa...


quarta-feira, 5 de março de 2014

PARA VER E OUVIR: KAREN O. ("THE MOON SONG", DURANTE O OSCAR)

GIFS DA DEPRESSÃO

Estou conversando sobre um livro e alguém comenta: "eu odiei o filme"...

GIFS DA DEPRESSÃO

Acho que já está muito tarde mas o delivery atende...

GIFS DA DEPRESSÃO

Vou apresentar para alguém um filme/seriado muito especial para mim...

GIFS DA DEPRESSÃO

Reencontro aquele(a) colega de trabalho que eu gosto e que acabou de voltar de férias...

terça-feira, 4 de março de 2014

GIFS DA DEPRESSÃO

Praça de alimentação lotada e alguém me pergunta se pode sentar na minha mesa...

Eu, por fora:


Eu, por dentro:

GIFS DA DEPRESSÃO

Percebo que alguém está cantando uma das minhas músicas preferidas ou falando de um seriado/filme que eu gosto.

GIFS DA DEPRESSÃO

O que eu me digo no espelho toda vez que tenho que ir para algum evento social que eu não quero ir...

GIFS DA DEPRESSÃO

Toda vez que vou num rodízio (não importa de quê)...

GIFS DA DEPRESSÃO

Toda a volta do almoço...

GIFS DA DEPRESSÃO

Alguém que eu não gosto ri de algo que eu falei...

GIFS DA DEPRESSÃO

Mordo sem querer a gordurinha ou a cartilagem no peito do frango...

AMOR PLATÔNICO

Sandra Bullock. Depois desta última cerimônia do Oscar, não teve jeito. O que era uma quedinha antiga, virou paixão platônica. Não consigo crer que essa criatura de outro planeta já tenha 50 anos... linda que dói.

sábado, 1 de março de 2014

GIFS DA DEPRESSÃO

A pessoa do meu lado no cinema não cala a boca...


GIFS DA DEPRESSÃO

Alguém fala: "posso usar seu computador rapidinho?" (serve para celular também)

GIFS DA DEPRESSÃO

Alguém me oferece sushi...

GIFS DA DEPRESSÃO

Acabo de ver o primeiro episódio de uma série que me apaixono à primeira vista...

GIFS DA DEPRESSÃO

Quando acaba um seriado que eu amo de paixão...


GIFS DA DEPRESSÃO

Estou na fila do supermercado e alguém me pergunta se "pode passar na minha frente porque...". 


GIFS DA DEPRESSÃO

O porteiro interfona para dizer as palavras mágicas: "chegou uma encomenda para você".

GIFS DA DEPRESSÃO

Estou no restaurante com o braço levantado e nenhum dos 20 garçons olha para mim...